Rua Luciano Lube, 101, Campo Grande, Cariacica - ES - 29146-100
(27) 3236-8163 (13h às 17h) | (27) 3343-0708 | ipcentral@ipbes.com.br

Leia nosso boletim em PDF clicando no botão abaixo

Baixar Boletim Setembro 2018

A 2ª VINDA DE CRISTO: QUE DIFERENÇA FAZ?

Marcos 13. 14-27

O futuro preocupa você? Você já parou para pensar sobre a segunda vinda de Jesus? Você imagina quanta diferença fará em ser um eleito de Deus no tempo do fim? Que diferença faz?

O texto de Mc 13 é escatológico: refere-se ao tempo do fim. O evangelista Marcos aqui descreve ensinos de Jesus em sua última semana de ministério, quando entra em Jerusalém com brados de alegria do povo em geral, mas também para raiva dos líderes judeus – é quando Jesus expulsa cambistas e mercadores do templo e publicamente reprova os escribas e fariseus. Nesse contexto Marcos registra o “Sermão Profético” de Jesus, e como já dissemos, é um assunto escatológico – refere-se ao tempo do fim e a ênfase é a segunda vinda de Cristo Jesus. E que diferença faz?

1. Indiferença negligente ou vigilância zelosa?
O assunto é algo por vir: fala do anticristo – abominável da desolação, v.14; fala da tribulação, v.14-23; e fala da volta de Cristo, v.24-27. Mas como isto não é algo palpável, tangível ou matemático, a indiferença sobressai. Seria você mais um indiferente com a segunda vinda de Cristo? O que o texto ensina? Vejamos alguns verbos e ações: “Fujam”, v.14. Não seja indiferente! Parece, mesmo um ambiente de guerra! “Não desça”, “não entre”, v.15. “Não volte”, v.16. É imperativo estar vigilante para atender a essas ordens de Jesus, pois sua segunda vinda é inevitável – que diferença faz? Você é um negligente ou vigilante? “Estai vós de sobreaviso”, v.23.

2. As palavras de Jesus aqui trazem conforto ou preocupação?
Ler os versos 14-19 e 24,25 – o assunto é sério! Certo motorista fixou uma placa em seu ônibus: “No arrebatamento este veículo poderá ficar desgovernado” – isso reflete a realidade vindoura, sim! É conforto ou preocupação? Assim será o “Dia do Senhor”: “Eis que vem o Dia do SENHOR, dia cruel, com ira e ardente furor, para converter a terra em assolação e dela destruir os pecadores”, Isaías 13.9. “Ai de vós que desejais o Dia do SENHOR! Para que desejais vós o Dia do SENHOR? É dia de trevas e não de luz”, Amós 5.18. “…sim, grande é o Dia do SENHOR e mui terrível! Quem o poderá suportar?”, Joel 2.11. As palavras de Jesus aqui trazem conforto ou preocupação? Que diferença faz para você? Vamos ler v.20 e 22.

Minhas perguntas iniciais foram: O futuro preocupa você? Você já parou para pensar sobre a segunda vinda de Jesus? Você imagina quanta diferença fará em ser um eleito de Deus no tempo do fim? Que diferença faz? Uma só resposta: o certo é que os eleitos vencerão – versículos 20, 22, 23, e 37.

a) Rev. Adilson S dos Santos